Julho Laranja: o CRO-SC apoia!

O mês de julho está sendo dedicado à campanha que visa alertar toda a população sobre a importância da avaliação precoce do desenvolvimento dentário e facial das crianças. O Julho Laranja, que conta com o apoio do CRO-SC, foi idealizado pelos dentistas com especialização em ortodontia Ricardo Fabris Paulin, Daniela Gamba Garib, Patrícia Zambonato Freitas e Cibele Albergaria, com o intuito de chamar a atenção de toda a sociedade sobre a importância do tratamento ortodôntico precoce, para prevenir problemas de oclusão.  Este foi o primeiro ano da Campanha.

Assim como em muitas áreas da saúde, na odontologia também é possível evitar muitos problemas na fase adulta, se a criança iniciar cedo um acompanhamento com o dentista, pois intervenções precoces apresentam mais simplicidade, maior benefício e menor custo biológico. Muitas complicações ortodônticas podem ser evitadas se identificadas e tratadas desde cedo, pois impactam diretamente na qualidade de vida da criança, em questões como comunicação, autoestima e até  nutrição.

A falta de atendimento na saúde pública no Brasil direcionado à prevenção das más oclusões levou à elaboração de projeto de lei pela deputada Celina Leão (PP/DF) dispondo sobre cuidados ortodônticos, preventivos e interceptivos para crianças de 6 a 12 anos de idade, matriculadas nas escolas públicas. O objetivo, uma vez identificado o problema, é encaminhá-las ao atendimento odontológico na rede pública de saúde. O projeto foi protocolado na Câmara dos Deputados, em Brasília, no dia 18 de abril de 2019.

Metas da Organização Mundial de Saúde (OMS) para a promoção de saúde mental incluem a recomendação de que sejam prioritárias estratégias preventivas primárias, incluindo a redução dos fatores de risco relacionados a problemas de saúde mental. Instrumentos usados pela OMS para mensuração da qualidade de vida atestam que o tratamento ortodôntico melhora os índices de bem-estar e saúde mental de crianças e adolescentes.